segunda-feira, 14 de março de 2016

A rotina entre eu e você.



Era mais um dia comum, era mais uma rotina a ser cumprida, casa, trabalho, faculdade e então tudo se repetindo. E foi então que você apareceu me deixando confusa e com um desejo de querer mudar minha rotina e não ser mais a garota solitária que havia me transformado, você me fez desejar intensamente o que não podia ter me deixando com aquele gostinho amargo no céu da boca. 

E assim foi, as horas, os minutos e os segundos desde então.

As horas passam e o desejo em te ver, falar com você me carrega para um novo sonho. 'Você vai passear por eles?' E não é que eu tenho sonhado com você, sonhos em que não reprimo meus sentimentos por você, sonhos estes me fazem acordar seja na manhã mais quente ou fria com aquele sorriso que vai de orelha a orelha.

E então eu acordei.

Despertei, torci os lábios desejando continuar na cama espichei os braços, acordava todas as manhãs  aos sonhos de passarinhos e uma coruja insistente que agora me deixavam aborrecida com seu canto, 'Desliguei o despertador' pulei da cama tomei um banho quentinho coloquei a roupa do trabalho e dei início ao meu dia à minha rotina.

Sem novidades a não ser que hoje foi um daqueles dias em que não sobra tempo para respirar, pois o trabalho do final de semana estava na mesa e precisava por em dia a papelada até o final do expediente para então dar continuidade a segunda etapa do dia, banho, lanche e uma pequena corrida para pegar o ônibus que me levaria para faculdade me restando a madrugada em que voltaria a correr pegar o ônibus e retornar para casa. e por fim desceria do ônibus contando os passos que faltavam para alcançar minha casa e minhas cobertas quentinhas.

***

Eu não sei como esta sendo sua rotina, os seus dias. 'Você pode me contar?' Não temos mais aquele tempo nem conseguimos nos encontrar mais para contarmos sobre nosso dia, para conhecermos melhor a nós, para descobrirmos coisas novas um dos outros. 'Com isso eu posso acreditar que a sua rotina está tão pesada como a minha, ou você não deseja mais me conhecer?'

Essas são conversas que faço comigo mesma a procura de uma resposta do porque nos afastamos e deixamos estudos e trabalho nos separar, porque aceitamos que ficar sozinho é melhor do que estar junto.

Afinal no que nos transformamos?


P.S: Essa Fanfic conto, crônica ou qualquer nome que você queira dar, ou eu chama-la é criação minha. Por favor respeite os direitos autorais dela.


Nenhum comentário:

Postar um comentário